Receba as postagens direto no seu e-mail. Será lhe enviado um link no para confirma a inscrição.

Conselho de Psicologia proíbe uso da religião em tratamento

Atriz será psicóloga espírita na novela ‘Amor, eterno amor’ da Rede Globo. Personagem usará técnica de regressão em pacientes. Conselho de Psicologia proíbe uso da religião em tratamento

Após fisgar evangélicos, principalmente por ter contratado cantores desse segmento cristão, e ter exibido o Festival Promessas em dezembro de 2011, com mais dois eventos do porte a ser realizado em 2012, a Rede Globo voltará a exibir novelas com abordagens espíritas, como sempre fez.
A nova novela das seis – ‘Amor, eterno amor’ – será, mais uma vez, a forma escolhida pela emissora para difundir o espiritismo.
Na trama, a atriz Carolina Kasting será a psicóloga Beatriz. Durante o bate papo com o site O Fuxico, a atriz contou como será sua personagem:
“A Beatriz é uma personagem super equilibrada, boa, espiritualizada. Uma mulher que lida com questões contemporâneas, a casa, os filhos. Ela é recém separada. Tudo de bom que uma pessoa pode ter a Beatriz traz, pode vir qualquer problema para ela que ela transforma em uma coisa boa. É uma personagem muito evoluída, uma psicóloga que aplica uma técnica de regressão nos pacientes. A técnica de regressão à infância, regressão no tempo para outras vidas.”
COMENTÁRIO:

A novela global será exibida em um momento delicado para o Conselho de Psicologia.
Conforme vem sendo divulgado pelo Holofote.Net, como por outros veículos de comunicação que abordam assuntos cristãos, a psicóloga evangélica Marisa Lobo (foto), do Paraná, recebeu um ultimato do Conselho Regional de Psicologia daquele estado para que deixasse de expressar sua fé pelas redes sociais (entenda este caso).
Um absurdo, uma vez que, segundo a psicóloga, a expressão de sua fé tem sido fora do consultório e não diante dos clientes, no consultório, diferentemente do que ocorrerá na novela. De acordo com a entrevista concedida pela atriz da Globo, técnicas espíritas serão usadas em paciantes pela personagem.
Diante do fato, resta saber qual será a atitude do Conselho Federal de Psicologia na explícita apologia das técnicas espíritas, feita por alguém do ramo, imiscuindo religião e profissão.
Caso o Conselho se omita, estará configurado um tratamento diferenciado em relação aos psicólogos evangélicos.

1 comentários:

  1. Elon-BR disse...:

    A psicologia, que pode ajudar uma pessoa a se encontrar ,se curar de algo que a aflige e se restaurar na vida como pessoa livre de suas "assombraçoes" que a aprisionam em uma siutaçao dificil ,doloroso que acontecea tanta gente é , CIENCIA . ( Nao digo que sou um que saiba, nao entendam mal) . A Fé ,é algo que se vive é benéfico- se bem orietdado e nao depende do ser humano - pois se trata do Divino ( fé ,é nossa relaçao com o divino, sua manifestaçao concreta em nossa vida ,a cada dia), e a iniciativa é sempre Divina. O que é de Deus Ele sempre inicia e nos da a liberdade de aceitar ou nao. Nao se pode mistuirar a fé com outras iniciativas que é nosso e confundir as pessoas bem intencionadas e que passam por momentos de fraqueza e carencia no corpo e no espirito. O médico faz sua parte e onde nao cabe a ele , deve admitir que passou à sua possiblidade de intervento e orientar a pessoa a quem de autoridade no espirito . Sendo Catolico Romano, nao jogo ao vento mas indico a orientaçao de um sacerdote que pode orientar no espirito e deixar a psicologia ao médico (exemplo).O psicologo de ver seu limite e orientar a pesssoa ao sacerdote e assim ,teremos um tratamento realmente completo e eficaz. Nao sendo espirita , e sim Catolico dou testemunho a favor da ressurreiçao e nao reencarnaçao. Nosso Senhor Jesus ressucitou da morte apos 3 dias e nao reencarnou! Cuidado com temas de novela! Veja como teatro e somente isto.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
MULTIMÍDIA CATÓLICA © 2012 | Direitos Autorais de Geovani Alves