Receba as postagens direto no seu e-mail. Será lhe enviado um link no para confirma a inscrição.

Bento XVI aos membros do Colégio Cardinalício:Vemos como o mal quer dominar o mundo e que é necessário empreender uma batalha contra o mal.



Nesta segunda-feira, 21/05/2012 o Papa Bento XVI almoçou com os membros do Colégio Cardinalício na Sala Ducale do Palácio Apostólico. O gesto foi uma forma de agradecimento por parte do Santo Padre pelas felicitações recebidas em seu 85º aniversário natalício e seu 7º ano de pontificado. Em seu discurso, antes do almoço, o Cardeal Ângelo Sodano, Decano do Colégio Cardinalício, disse que em sete anos de pontificado, o Papa “jamais deixou de convidar todos os fiéis a redescobrir os conteúdos da fé, de uma fé professada, celebrada, vivida e rezada, como bem recordou em sua Carta Apostólica Porta Fidei”. O Cardeal Sodano ainda falou de Bento XVI como o “Bom Samaritano pelas estradas do mundo” que “continua a nos estimular ao serviço ao próximo, nos lembrando sempre as palavras de Jesus: ‘todas as vezes que deixastes de fazer isto a um destes pequeninos, foi a mim que o deixastes de fazer’”. Após o almoço, por sua vez, de improviso, Bento XVI agradeceu “primeiro ao Senhor, por ter concedido tantos anos de vida com tantas alegrias e tempos esplêndidos, mas também de noites obscuras. Mas numa retrospectiva sabe-se que as noites eram necessárias e boas, motivo de agradecimento”. E completou: “Hoje as palavras Ecclesia militans estão um pouco fora de moda, mas na realidade cada vez mais podemos melhor compreender que são verdadeiras. Vemos como o mal quer dominar o mundo e que é necessário empreender uma batalha contra o mal. Vemos como isso acontece de tantas maneiras, cruéis, com diversas formas de violência, mas também mascarado com o bem e assim destruindo os alicerces morais da sociedade”. Citando Santo Agostinho, o Papa enfatizou: “toda a história é uma luta entre dois amores: amor a si mesmo até o desprezo de Deus, amor de Deus até o desprezo de si mesmo no martírio” Nessa luta contra o mal, o Papa lembrou que é preciso ter amigos. “E, para mim, estou circundado pelos amigos do Colégio Cardinalício, que são meus amigos e me fazem sentir em casa. Me sinto seguro nessa companhia de grandes amigos que estão comigo e, todos juntos, com o Senhor”. Por fim, antes de ser homenageado com um “Parabéns a você”, o Papa teve tempo de lembrar que o Senhor disse: “Coragem! Eu venci o mundo! Nós estamos no ‘time’ do Senhor, portanto estamos no ‘time’ vitorioso”. O Colégio Cardinalício é
composto por 213 cardeais, vindos de 71 países diferentes: 119 da Europa, 21 da América do Norte (EUA e Canadá), 32 da América Latina, 17 da África, 20 da Ásia e 4 da Oceania. Esses cardeais são responsáveis por assistir e aconselhar o Papa em suas tarefas administrativas e religiosas canção nova noticias

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
MULTIMÍDIA CATÓLICA © 2012 | Direitos Autorais de Geovani Alves